Andei PensandO

Uma Xícara de Café

11:27:00

Fonte: Tumblr


Eu sei que você deve tá com pressa, eu também estou, acredite. Mas precisamos conversar. A última vez que fizemos isso foi naquela sexta em que estávamos no BAR. A galera bebeu demais e achou que era ok invadir a parte interna do estabelecimento, ignorando a enorme placa "entrada permitida apenas do pessoal autorizado". Você era motorista da rodada e não estava bebendo, se estivesse, certamente teria a autoria da ideia no currículo. Ou será que tem? Eu, mesmo tendo bebido bastante, não consigo, como vocês dizem, me destravar o suficiente para encarar essas maluquices. Então sobramos nós dois e uma dose de vodka naquela calçada.

Ali colocamos alguns pingos nos 'is' e nos comprometemos continuar a conversa. Quem sabe no fim de semana seguinte, numa pausa na hora do almoço na segunda... Combinamos que havia muito a ser acordado. Que era assunto pra dois, três, quatro rounds. Mas ficamos com preguiça, com medo ou esquecemos. E não houve uma única conversa sobre nosso assunto desde então.

Ai ontem eu tive um dia meio ruim, você sabe como andam as coisas no trabalho né? E a primeira coisa que pensei as 18h, enquanto esperava o 109 para vir pra casa era em tomar uma dose de vodka e conversar com você. E foi por isso que te liguei ontem e te pedi pra passar aqui. Não se deve adiar tanto o inadiável. Você precisa me dizer tudo antes de ir ou sentar comigo na varanda para tomarmos uma xícara de café. 


Antes que esfrie

Jeans

Look: listras, rosa e marrom

10:11:00


Olá pessoal,

E ai? tudo certo? então, comigo sim e é por isso que estou aqui. Antes de falar do que usei, gostaria de falar sobre. No sábado - dia em que usei o look - fiz meu teste na autoescola e fui aprovada, eu estava muito, muito, muito nervosa, mas graças a Deus e a toda a energia positiva que me mandaram deu certo. Acordei 6h para ir ao Detran e só fui fazer a prova as 13h30, ou seja, cheguei em casa morta de cansaço e de fome, mas após descansar me deu vontade de dá uma voltinha e comemorar minha grande vitória do dia. Aproveitei que Ramon estava de bobeira e levei ele para tirar umas fotos minhas. A blusa e a calça são da Renner, a bolsa da C&A e a sapatilha da Melissa, nada de novo no front, mas bem confortável e do jeito que eu queria. Ah, o cinto é de um vestido da Antix, é mais velho que eu. Hehehehe









Isso é tudo pessoal, obrigada por passar por aqui, bjs e até

BlogagemColetiva

TAG: Analisando Looks Antigos

00:00:00


Oie

Pessoas do céu, esses dias eu estava no youtube vendo as atualizações do dia e vi um vídeo da Lu Ferreira, do Chata de Galocha, que consistia em analisar looks postados no blog. Comecei o post pensando: "Noooossa, mudei tanto", mas sabem que nem foi muita coisa, foi mais de mudança de foco, de caimento, cores, de conhecer meu corpo em si. E as fotos que deram uma melhoradinha. Ps: Não usei muitas fotos antigonas, mas deu pra ver todos os 402 posts de looks e fiquei toda nostálgica e felizinha!

1- O primeiro look 
- O contexto: Esse não é o primeiro look do blog, na verdade é o terceiro ou coisa assim, mas eu já deletei os outros dois, então o primeiro ficou sendo essse. Usei esse look no meu aniversário em 2010, o blog tinha 03 meses. Eu ganhei esse blog num sorteio que me fez conhecer boa parte das meninas que passei a seguir nos últimos 06 anos de espaço virtual. Obrigada Mira
- O que mais gosta: Gosto das cores. A estampa de bolinha, a bolsa vermelha e o ar mais rocker da sandália eu gosto bastante.
- O que menos gosta: Além da minha cabeça quase girando 360º -  tenso hehehehe - eu não gosto do modelo do vestido. Balonê e tomara que caia são duas coisas que eu definitivamente não quero ver por perto. Camiseta com vestido? Pode até funcionar, mas não foi o caso. Não gosto do salto muito fino da sandália, podia ser uma coisa mais pesada e a bolsa é muito, muito, muito estranha. Nem vou falar dos colares. Credo.

- Usaria novamente? Não.

2- look de verão 

- O contexto: Aqui é sempre verão, então procurei um look bonitinho. Outubro de 2014, piquenique com as amigas e fotografas de Mossoró, no Thermas.

- O que mais gosta: As cores, o vestidinho e a bolsa.
- O que menos gosta: Acho que não precisava do chapéu

- Usaria novamente? Sim.

3- look de inverno 
- O contexto: "Inverno" no carnaval de Guaramiranga, 2014.

- O que mais gosta: As cores, bem a paleta que tenho me dedicado em 2016
- O que menos gosta: Legging, não gosto delas

- Usaria novamente? Sim, com jeans

4- look festa 
- O contexto: Minha formatura em 2010

- O que mais gosta: O caimento, acho que fiquei arrumadinha
- O que menos gosta: A cor, rosa não foi nada original

- Usaria novamente? O vestido sim, mas se fosse na minha formatura não. Ia preferir algo mais estiloso.

5- look dia
- O contexto: ida ao cinema

- O que mais gosta: o vestido e a sandália
- O que menos gosta: a bolsa

- Usaria novamente? Sim, para outro lugar e sem a bolsa

6- look noite 

- O contexto: Foto do meu pré-wedding em outubro de 2013, eram umas 18h e pouco, já é noite né?!

- O que mais gosta: Tudo, é meu vestido preferido, amo minha coroa de flores. Tudo.
- O que menos gosta: A sandália, é uma melissa mermaid bege, não gosto mais.

- Usaria novamente? Sempre que posso eu repito o vestido.

7- look básico 
- O contexto: Look usado em outubro de 2013 para o meu ensaio pré-casamento. Foram feitos três cenários/composições e esse aí é parte do primeiro. Faltam os acessórios.



- O que mais gosta: Jeans e camiseta branca com allstar. Gosto de tudo.


- O que menos gosta: Falta uma bolsa, mas como era pra fazer foto de casal, a bolsa não cabia no look. Queria tá usando uma bolsa cinza ou caramelo.

- Usaria novamente? Sim!

8- look ousado 

- O contexto: Ida a um bar bem legal que tinha em Mossoró. Tinha cover dos Ramones, saudades dessa blusa.

- O que mais gosta: Eu não sou uma pessoa muito OZADA, então oncinha amarela com slipper com glitter foi a coisa mais ousada que eu andei fazendo (pelo menos na frente das câmeras) nos últimos 06 anos.
- O que menos gosta: A oncinha ser amarela

- Usaria novamente? Sim, quero minha blusa de volta.

9- look viagem 
- O contexto: Natal, 2011. Ramon estava morando lá

- O que mais gosta: Camiseta e tênis são dois itens a minha cara, gosto de jeans como já falei e a bolsa quadradinha também é legal.
- O que menos gosta: O shorts na época estava apertado nas coxas e eu gosto de shorts mais larguinhos. 

- Usaria novamente? Esse shorts não.

10- O último look

É isso, gente adorei fazer, podia ter usado fotos mais antigas, mas como já disse ia dá muito mais tempo, viu?! Eu adoraria que vocês fizessem também, se fizerem me avisa para eu poder ver. Bjs e até

Blogs de Moda

Top 9: Blogs de Moda Preferidos

23:21:00

Quem tem tempo para blog? lá em 2012 (eu acho) eu já lia sobre isso. Vivemos o tempo de efémero,  é verdade, não temos tempo nem para esperar um bolo de caneca ficar pronto no microondas, mas perdemos 1h30 no trânsito para ir a lugares e ficar olhando o Snapchat das amigas ou gravando para mostrar a quem ficou em casa, ou pegou trânsito, mas acabou indo para outro evento. Quando eu comecei a blogar, lá em 2010 o blog era um hobby de muita gente, muita gente mesmo, sério. 06 anos se passaram e muita gente continua tendo blog, uma parte como hobby, mas eu diria que 80% usa como profissão ou parte dela - para divulgar o trabalho ou fazer contato - embora não haja mais quem duvide da força dos blogs, eles andam com bastante concorrência, 2015 foi o ano que consagrou os youtubers, revistas, TV, só se fala neles -seria 2016 o ano do Snapchat?. Com youtube você - expectador - não precisa fazer muita coisa, só se conectar e aprender - a usar maquiagem, a pintar uma parede, política, piada, História, culinária, fotografia, artes marciais - diferente do blog, que exige leitura. 

A maioria dos blogs que eu seguia em 2010 não me interessam tanto, como disse uma amiga minha no Twitter, viraram empresas, as blogueiras nem blogam mais (?????), algumas delas, que eu chamo de "Super Blogueiras de Moda" continuam produzindo conteúdo legal, mas para outras redes, como o Snapchat, o Instagram e o Youtube. E no meio disso tudo ainda restam blogs que me fazem abrir mão de preparar um bolo de caneca e tirar uma horinha do dia para visitá-los, são eles:



08 - Just Carol





















Bem, esses são apenas alguns blogs que eu continuo viciadona, mas eu sei que tem um monte de gente massa produzindo conteúdo mundo a fora. Meu único apelo a quem tem ou ainda pretende ter blog é: seja você a blogueira.

É isso, bjs e até.

Andei PensandO

Texto: Sobre História, ensinar e aprender

13:46:00



Se você não é professorx, você talvez não saiba, mas em qualquer escola, a sala dos professores é muito semelhante ao pátio, onde os estudantes "brincam"**. Lá os professores se xingam, brigam, se solidarizam, combinam aniversários surpresa, fazem cota pra comprar tapioca (ou outro prato regional de preferência), combinam paralisação das atividades, levam puxão de orelha de gestão. Ouvem música, contam piadas, preparam aulas e corrigem provas, trabalhos, exercícios, redações, relatórios...


Não me imagino fazendo muita coisa que não seja lecionando. Gosto da sala de aula, gosto da escola e de tudo que tem nela. Acho que combina com a minha personalidade, sei lá. Vou aprendendo a ser professora todos os dias, em sala de aula. Vou aprendendo a ser professora de História todos os momentos. Não é nenhuma moleza ser de humanas quanto estão lhe fazendo acreditar.


As aulas no meu Estado estão paralisadas. Esperamos a negociação com o governador sobre o nosso reajuste salarial e melhoria nas estruturas das instituições entre outras 20 pautas. Em casa, na rua, nas assembleias nesse último mês eu aprendi mais coisas que nos últimos 6 anos em que ensino. Aprendi vivendo e refletindo sobre vivências que na hora, nem considerei tão importantes.

Eu não sei se serei professora pra sempre, não sei nem se meu nome continuará sendo Ítala, o que eu sei por hora, é que é preciso muito esforço e dedicação pra lecionar. Longe da baboseira da vocação, mas da seriedade de ser o melhor profissional que você possa ser, não importa a função que exerça.



**meus alunos são adolescentes, eles não brincam no intervalo, mas deu pra entender


Clube do Livro

Resenha: Como Construir Um Guarda-Roupa Inteligente

07:00:00


Olá terráqueos


Dia desses eu estava de bobeira no twitter e me aparece o link do e-book da Oficina de Estilo, como construir um guarda-roupa inteligente e fiquei super curiosa, esse processo de (re) definição de estilo, de vestir e de vida parece que não vai acabar nunca, e comprei para ver do que se tratava. O livro foi escrito baseado na consultoria de moda e estilo que as meninas dão as suas clientes e em posts do blog delas - link aqui - o livro possui 68 páginas e se divide em três partes. Logo no início são apresentadas as "Grandes Questões Atrapalhadoras": 

 - Guarda-roupa super lotado: Eu sempre achei que meu guarda-roupas era pequeno demais, na verdade ele só é mal dividido - sem prateleiras e nichos - e cheio de excessos de roupas, minhas e de Ramon também
 - Guarda-roupa que não serve pra vida que se tem (aqui e agora!): Eu sou professora, passo boa parte do meu dia de pé, andando de um lado para outro. Tenho escoliose, e uma moto. Eu devia ter tantos saltos????? Acho que não. A verdade é que já me desfiz de boa parte, mas está na hora de encarar a sapateira novamente.
 - Guarda-roupa construído sem critério algum: Quantas vezes eu não fui dá uma voltinha no shopping, no centro e voltei com sacolinhas sem nem avaliar  o que tenho em casa e como coordenar tudo? Muitas!
 - Muuuitas peças (só) com valor afetivo: Aqui entram alguns saltos que eu acho lindo, amo demais, mas não uso.
 - Guarda-roupa cheio de peças que não servem mais: Nessa eu passo!
 - Um monte de peças de que a gente nem gosta tanto: Era muito bom amar todas, mas a gente precisa daquelas que são só úteis. Será que precisamos mesmo?

Nas três partes do livro a gente começa uma viagem, uma jornada simples, mas necessária de auto descoberta e de dizer: nossa, mas eu comprei errado mesmo. Agora não adianta esconder no fundo do armário, não cabe, vou desapegar! A ideia do livro é que cada uma de nós possa definir o que gosta e o que cabe dentro da nossa realidade, da nossa vida, dos nossos corpos. Estampas para que é de estampas, minimalismo para que é de minimalismo e dessa forma, consciente, sincero a gente possa se vestir melhor - no sentido de amar o que veste, de ser funcional sempre e de comprar menos - e sabem o que eu descobri esses dias? Eu amo saias, mas eu raramente uso uma. Uso shorts, calça e vestido, mas saia ou não acho arrumada o suficiente, ou acho desarrumada demais. O livro ainda  propõe  alguns exercícios pra gente pensar como se veste, como gosta de estar vestido, como esse aqui:

"Topa fazer um diário de looks?"

SEGUNDA-FEIRA
O que eu fiz de dia:
O que eu vesti:
Como eu me senti:
* * *
O que eu fiz à noite:
O que eu vesti:
Como eu me senti:
------------


"O QUE FAZ A DIFERENÇA MESMO É A CRIATIVIDADE" e quando ela não estiver tão aguçada, que tal apelar para aquelas peças mais amadas, com as quais a gente se sente bonita e confortável? Eu quero um guarda roupas lotado de peças assim. E você?

Bjs e até

Andei PensandO

Aleatoriedades & Felicidades

19:10:00


Olá


Quando estou muito feliz eu fotografo, quando estou sem fazer nada eu fotografo também. Eu ando querendo escrever com frequência aqui, mas sempre deixando para depois. Pois bem, desde o dia 20 de abril que as escolas do meu Estado paralisaram as suas atividades e isso bagunçou num nível tsunami as coisas para mim. Se engana quem acha que estar em greve é fazer nada. Estou com uma dezena de obrigações - auto-escola, provas, Olimpíada de História, agenda de greve - e com os horários livres eu acabo me atrapalhando, indo dormir 5 horas da manhã e querendo dormir à tarde inteira e me sentindo uma inútil todos os dias em que eu faço menos coisas, estou o tempo todo cansada. Acho que eu preciso de rotina, sabe? Mas entre uma obrigação e outra, a gente sempre procura uma inspiraçãozinha no dia - a - dia para colorir a rotina. Minhas inspirações vão sempre pro Instagram - ainda uso mais que o Snapchat - e hoje eu as trouxe pra cá.

* O aniversário da minha mãe: Não fui ver minha mãe no segundo domingo de maio, pois estava sendo reprovada no teste da auto-escola - buá. buá, buá - mas ai quando chegou a quarta seguinte, dia 11 e era aniversário dela - 69 anos - eu acordei cedo e corri para Mossoró. Passamos à tarde no shopping, ela, duas das minhas irmãs e eu. É sempre um calor no coração está em família. Essa bonita aí é a cadela da minha mãe, a Frida. Saudades mãe, saudades bolo de ninho, em junho eu volto.


* Essa semana: Na época em que eu postava todos os dias eu criei o hábito de também postar uma foto por dia no Instagram, nas várias vezes que deixei o blog o instagram também ficou meio de lado mas raramente eu posto mais de uma foto por dia. É quase um toc. Pois bem, comecei a ler um livro da Simone de Beauvoir, ele é de um amigo, são três contos, eu já li dois. No domingo, enquanto não fazia nada Ramon tirou uma foto minha. O pessoal do instagram não gostou muito da minha foto ousara, rsrs. Dei uma emagrecida, tudo mérito da minha esofagite. Selfie com o cabelo sem forma pra ver se crio coragem de cortar e meu buquê entre as mil coisas que tenho que limpar e deixo pra amanhã.

* Esse não é um blog de moda, mas eu gosto muito disso: A "tag" moda ou look do dia ainda é bastante popular lá no meu instagram. Uma das coisas que eu mais gosto aqui é meu tênis branco, uso tanto, tanto que já tá furandinho. Descobri a 787, uma loja super legal e comprei minha Girl Power t-shirt, não tiro mais. Look Ítala da vida, camisetinha cinza, jeans e sapatilha e look mais arrumadinho para ir ver Capitão América: Guerra Civil.

Isso é tudo pessoal, bjs e até

Cartas Para Drica

O que somos?

22:43:00






Minha querida

Já nos conhecemos há 03 anos. Fico pensando se não está na hora de você me conhecer. De saberes o que sou a fundo. De saberes não o que sinto, mas como eu sinto. De veres as coisas como eu vejo. De poder sentires o que sinto e como reajo. Mas isso é possível? Poderíamos continuar sendo nós mesmas se pudesse ver o mundo com meus olhos?


Não creio. Melhor deixar como está.

Like us on Facebook

https://www.facebook.com/rascunhosditala26/